Minha dieta: A segunda semana

quarta-feira, março 31st, 2010

Foto: Oxford Brookes University

backpainEu demorei mas hoje eu vou escrever um pouco sobre a minha dieta na segunda semana, como diz o ditado, eu tardo mas não falho. :)

Depois do bom resultado da primeira semana, perdi 2,9kg, eu entrei super confiante na segunda semana e super motivado também.

Porém, mas sempre tem um porém na história né? As minhas costas pioraram e muito! Não é que elas estejam bem agora, mas na semana passada teve dias que eu nem conseguia descer uma escada, só para vocês terem uma ideia do tamanho da dor.

Bom, já que os exercícios estão fora da questão, infelizmente, eu tive que focar muito na dieta.

É muito engraçado, mas tentando me lembrar agora de como foi a semana passada, eu não consigo me recordar muito dos dias que eu passei alguma ansiedade, talvez seja porque esta semana eu já tive momentos piores, não sei, mas até que eu não sofri muito e consegui manter a dieta direitinho.

Geralmente, na segunda semana você não tem um desempenho bom como o da primeira semana, existe muitas teorias explicando o porque disto, para mim não vem ao caso citar alguma, mas isto aconteceu comigo também.

Eu consegui perder só 600 gramas, pelo menos foi uma perda, mas pra falar a verdade foi um pouco desmotivador, talvez seja por isso que eu demorei um pouco para escrever, gostaria de ter conseguido um resultado melhor, principalmente porque no meio da semana, quando eu me pesei, eu já tinha conseguido perder 1,5kg!

Mas a vida é assim, ela as vezes nos pega de surpresa e a única coisa que eu posso fazer agora é de tentar conseguir um melhor resultado para esta semana.

Um abraço (com 3,5kg a menos) para todos.

Acompanhe o Blog

Me siga no Twitter Receba as últimas notícias no seu email Assine o nosso RSS Visite o meu perfil no Orkut

Circuito de exercícios – Intermediário

terça-feira, março 30th, 2010


Se você está sem dinheiro ou está sem tempo para ir em uma academia, existe muitas alternativas para fazer exercícios.

No vídeo abaixo, você poderá seguir um circuito de exercícios de nível intermediário, ele não é muito longo, apenas 10 minutos, assim você pode fazer em qualquer hora do dia.

Caso você tenha dificuldades em seguir este circuito, você pode começar pelo nível 1, que é voltado para os iniciantes.

Acompanhe o Blog

Me siga no Twitter Receba as últimas notícias no seu email Assine o nosso RSS Visite o meu perfil no Orkut

Vício por comida gordurosa ou doces é igual ao vício por cocaína

segunda-feira, março 29th, 2010

QUADBigHoje encontrei está matéria na BBC Brasil e me chamou muita a atenção. Uma pesquisa publicada nesta semana, mostra que o vício em comidas gordurosas e doces é tão difícil de combater quanto o vício em drogas pesadas como por exemplo a cocaína.

Os teste com camundongos mostraram que as regiões do cérebro que lidam com o prazer, vão se deteriorando gradualmente com o aumento de consumo destes produtos, ou seja, quanto mais doces e/ou comidas gordurosas você come, cada vez mais você vai precisar de uma quantidade maior destes produtos para sentir prazer.

Isso para mim, vem esclarecer em muito as minhas ações em relação aos doces, quantas vezes você não ouviu alguém dizer ou até você mesmo disse que enfiou o pé na jaca? Faça uma analise, quando você mete o pé na jaca, você come até se sentir satisfeito e diz como a música do Roberto Carlos: e que tudo mais vá para o inferno, não é mesmo?

Então, qual diferença deste tipo de comportamento onde você se entope de comida, para uma pessoa que se entope de drogas? Perceba que nos dois casos, as pessoas sabem que este tipo de comportamento são prejudiciais para a sua saúde, mas mesmo assim elas continuam a fazer pois cada vez mais necessitam destas substâncias para ter prazer e por isso agem de uma forma irracional.

Segundo o cientista Paul Kenny, que coordenou a pesquisa de três anos, uma dieta com alimentos gordurosos possui elementos que viciam.

“No estudo, os animais perderam completamente o controle sobre seu hábito de alimentação, o primeiro sinal de vício. Eles continuaram comendo demais mesmo quando antecipavam que receberiam choques elétricos, mostrando o quão estimulados eles estavam para consumir a comida.”

O cientista ainda relata que quando a dieta foi trocada por alimentos mais saudáveis, alguns deles se recusaram a comer e preferiram não se alimentar, o que mostra o quanto viciante são os alimentos gordurosos e os doces.

Tudo isto está relacionado a dopamina que é um neurotransmissor que está ligado ao prazer. Ao consumir uma alimentação gordurosa o seu cérebro fica inundado por dopamina, gerando uma sensação de prazer, porém com o passar do tempo, você vai precisar de cada vez mais quantidades de comida para sentir este prazer, por isso é que você acaba engordando.

Fonte: BBC Brasil

Blog Widget by LinkWithin

Acompanhe o Blog

Me siga no Twitter Receba as últimas notícias no seu email Assine o nosso RSS Visite o meu perfil no Orkut
SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline