Tag Archive for ‘alimentar’

Cleo Pires emagrece 6kg em 2 anos

cleo-pires-biquini-praia

Bom, esse não é um dos títulos que vai chamar muita atenção, principalmente dos visitantes que vem do google e que estão loucos para encontrar a formula mágica.

Mas eu achei que seria super legal de comentar aqui, pois o que a Cleo Pires fez vai exatamente ao encontro do que o Blog da Dieta prega, ou seja, perder peso de uma maneira saudável e consciente.

Ela perdeu estes 6 kg durante 2 anos, isso mostra que as vezes leva tempo para você perder aqueles malditos quilinhos a mais, mas por isso mostra a importância de você nunca desistir.

As mais curiosas devem se perguntar o que ela fez para perder peso?  Ela fez yoga e reeducação alimentar e hoje declara que está muito feliz com o seu peso atual que varia entre 48 e 51 kg.

Uma das declarações mais legais dela é que a sua dieta sempre foi focada na saúde e não simplesmente em perder peso e que esta questão de peso é relativo pois algumas pessoas se acham mais bonitas um pouco cheinhas e outras mais magrinhas, o que eu estou de acordo, contudo se eles ou elas estiverem dentro da porcentagem de gordura recomendável para uma pessoa saudável.

Eu acredito que fica ai a dica, se você focar a sua dieta de uma maneira saudável, com certeza você vai chegar ao seu objetivo, pode até levar mais tempo mas você chega lá e afinal de contas a reeducação alimentar tem que durar toda a sua vida e não só por um curto período de tempo.

Gostou deste post? Leia também:

Mãe gasta mais de 30.000 reais para se parecer mais como a… FILHA!!!

mae-filha-1

Quem não gostaria de se parecer como a minha filha? Pergunta Janet que tem 50 anos e é a mãe de Jane que tem 28 anos.

A maior parte da transformação começou quando ela se separou do seu último marido e mudou da Espanha para a Inglaterra para morar com a sua filha. “Foi muito duro e eu era como uma causa perdida” diz Janet. “Eu não sabia quem eu era e onde eu me encaixava. Eu não vivia na Inglaterra há tanto tempo que eu não tinha nenhum amigo aqui. Foi um momento terrível. Eu sabia que tinha que resolver a minha vida”

Para Jane, a filha, um jeito de animar a mãe foi levá-la para sair junto com as suas amigas mas isso não ajudou muito e na verdade só fez cair a sua auto-estima pois ela se dizia que parecia como um saco velho se comparada a sua filha e suas amigas.

Por tudo isso Janet resolveu dar uma revira volta em sua vida e decidiu seguir a mesma dieta da filha. Parou de comer “junk food”, trocou batatas e massas por frango grelhado e verduras, parou de beber vinho branco durante a semana e não comia mais entre as refeições.

Com todos estes ajustes ela perdeu 12,5 kg em 4 meses e passou a usar o mesmo tamanho de roupa da filha, mas só isto não foi suficiente para Janet e ela decidiu fazer plástica nos olhos e nariz, isso sem contar que anos atras, ela já tinha feito um implante de silicone nos seios.

Mais tarde foram os lábios que receberam uma série de injeções para ficarem mais carnudos e como um toque final ela fez um implante de mega hair. Tudo isso a um custo total de mais de 30.000 reais.

mae-filha-3 mae-filha-2
Antes Depois

Hoje ela e a filha vão a bares e são paqueradas por um bando de homens que pensam que elas são irmãs. Mas segundo Janet, “Esta transformação foi para a minha própria confiança e auto-estima. Eu não fiz isso para ter um homem, sou feliz por passar o tempo com minha filha e reviver a minha juventude, graças ao meu novo visual”.

Eu sei que muitos vão falar que é ridículo e vão meter o pau na mãe cinquentona, mas não podemos deixar de ver os pontos positivos que ela alcançou através da reeducação alimentar ao perder mais de 12 quilos.

Eu até acho um pouco estranho ela querer se parecer com a filha mas se ela se sente feliz assim eu fico contente por ela e hoje eu tenho certeza que ela é mais feliz do que antigamente.

Fonte: MailOnline

Gostou deste post? Leia também:

Dicas dos visitantes

dicas2

Através do blog eu acabo recebendo muitas dicas, porém elas ficam um pouco escondidas nos comentários.  Hoje eu resolvi compartilhar algumas delas com todos os leitores, ai vai:

Dica do WDF

Caro Blogueiro. Você parece estar no caminho certo. Foi assim que eu também comecei a fazer em fevereiro de 2008, quando estava com 119 kg.

Hoje, contabilizei nessa manhã de domingo, após uma caminhada no parque (40 minutos) e mais 20 minutos de esteira, 100 quilos. Ou seja, perdi 19 quilos em 1 ano. Mas os resultados foram difíceis nos primeiros 4 meses. A dieta era de restrição alimentar, com aproximadamente 1200 cal por dia e mais hidroginástica (3 x por semana) e caminhadas. Perdi rapidamente 5 quilos, mas depois houve um longo período de estabilização.

Somente comecei a perder peso (em torno de 90 gramas por dia) quando mudei radicalmente a dieta. Aboli as farinhas brancas, o açúcar branco, as carnes vermelhas, o leite de vaca, o café, os adoçantes e mais algumas coisas. Sofri horrores nas 3 primeiras semanas. Tive dores de cabeça durante quase duas semanas. Era a tal da síndrome da abstinência, que passou na terceira semana.

Hoje alimento-me com aproximadamente 1500 calorias por dia e continuo perdendo peso. às vezes abro algumas exceções, como por exemplo pizza, ou algum doce. Mas somente raramente. Não sinto mais nenhuma falta da carne e do açúcar. Como peixe quase todos os dias. Meus níveis de glicose, triglicéride e colesterol baixaram significativamente e tenho, hoje, uma disposição invejada. Sinto-me com 10 dez anos menos que há um ano.

Meu conselho para você é manter um diário com todas as suas atividades, alimentação e peso. Eu construi uma planilha que alimento todos os dias. Isso me deu um “apoio” tremendo, mantendo-me sempre em meu objetivo.

Um outro conselho, leia o livro Ultrametabolismo de Mark Hyman. Foi à partir dessa leitura e estudo que consegui atinguir meus objetivos.
Boa sorte.

Dica da Gabrielle

Alex,

Acho que vc está no caminho certo. Nada de exageros. O importante sim é ter os exercícios como rotina e melhor a alimentação.

Fiz muitas dietas para emagrecer (vivi na sanfona), mas nunca fui obesa. No entanto me irritva sempre esse emagrece-engorda de 2 em 2 meses… Até que um dia me convenci de que a tal reeducação alimentar, que todo nutricionista fala (e que me irritava), é o caminho correto.

Estou a quatro meses na reeducação alimentar e inseri os exercícios na minha vida. Nada poderia ser melhor para o meu animo, me sinto viva, me alimento pensando no beneficio daquilo para meu bem estar físico e mental. Escrevo tudo que como como maneira de me organizar e saber + ou – quantas calorias estou ingerindo para ficar um pouco abaixo da minha TBM (enquanto ainda quero emagrecer).

Quantos quilos perdi nesses quatro meses? Ah! Menos do que perdia num mês da “dieta da moda” (engordava tudo no mês seguinte). Mas minha saúde, essa agradece e em mais um mês atinjo minha meta, de maneira sustentável. :)

Ah! Minha necessidade por doces (como a sua) eu respeito, e TODOS os dias como uma barrinha de 25g de chocolate amargo. Cabe perfeitamente na minha reeducação alimentar.

Abs e boa sorte! Vou acompanhar de perto.

Dica do Dennis Menezes

Junte o Wii com a bike … apesar de fazer os movimentos do Jogo de Tênis, não passa nem perto das calorias de que se pode perder com um …

Wii é “um a mais” , não “o” exercício do dia …

Eu consegui perder peso por mim mesmo também, não fazendo cálculos de calorias e tal … mas trocando alimentos , dando horários as refeições e comendo sempre a mesma coisa , variando os bons alimentos …

Vitamina de banana com aveia e semente de linhaça pela manhã e uma fatia de pão com queijo ou/e suco de laranja com 2 fatias de pão , é uma ótima pra começar o dia !

boa sorte e se empenhe , porque com certeza terá resultados se você seguir a risca o que disse … isso que mais anima!!

Dica do Desi

Durante toda a minha vida tive problemas com sobrepeso. Fiz muitas dietas, sempre perdendo peso e…. sempre retornando acima do que havia perdido. Isso complicou muito com péssimos hábitos alimentares que eram carreados principalmente por causa de bebidas alcoólicas. Cheguei a 125 kg. Lembro-me do dia que vi esse número estampado na balança; entrei em depressão. Mesmo assim levou um tempo para parar de beber. Quando fiz isso imediatamente perdi aproximadamente 10 kg.

Mas o peso estacionou por aí e, mesmo sempre controlando a alimentação, eu não conseguia baixá-lo. No começo desse ano (2008), depois de um período muito difícil atingi 119 kg. Novamente comecei a entrar em pânico. Iniciei então um regime bastante restritivo, consumindo em média 1100 calorias por dia. Tudo contadinho. além disso hidroginástica 3 vezes por semana. Perdi 5 kg rapidamente. Só que depois o peso estabilizou e não mais conseguia diminuir, enfrentando ainda o problema de que, em qualquer viagem que fazia (de 3 a 5 dias), engordava 3 a 4 quilos.

Foi então que li um livro (Ultrametabolismo), que me acendeu a vontade de mudar de vida e de dieta. Troquei uma série de alimentos, cortei os açúcares brancos, a farinha branca, as carnes vermelhas, os adoçantes e todo tipo de salgadinhos. Passei a consumir alimentos funcionais integrais. Aumentei meu consumo calórico diário para aproximadamente 1500 calorias, às vezes 1800. De repente comecei a perder peso sem fome, principalmente porque como 6 vezes por dia.

Além disso, aumentei as atividades físicas incluindo, além da hidroginástica, caminhadas na esteira ou no parque, exercitando-me durante toda a semana. Minha vida começou a mudar. Nessa segunda fase já perdi mais de 8 kg (em 3 meses).

Segundo a minha estatística, na primeira fase restritiva eu consegui perder algo em torno de 38 gramas por dia; na segunda fase eu perco aproximadamente 100 gramas por dia. O começo é difícil, mas os resultados obtidos valem a pena. Todos os meus exames clínicos melhoraram consideravelmente. Sinto-me disposto e muito confiante.

Então, mãos à obra, nesse e em outros sites existem muitas dicas excelentes para ajudar a todos. A minha dica é: nunca perca o controle do seu peso. Pese todos os dias mantendo um diário do peso perdido, quantidade de quilos perdidos acumulado, IMC progressivo e quantidade de calorias ingeridas. Para quem tem um pouco de conhecimento sobre a planilha excel vai ser muito fácil. Bem, no total, até hoje (14/12/2008) perdi 15 kg.

Caso alguém tenho alguma outra dica você pode deixar nos comentários ou pode me enviar por email clicando aqui.

Gostou deste post? Leia também:

O Fim da fase de testes

Imagem SXC

teste

A minha semana de testes chega ao fim e agora a luta começa pra valer. Eu já tinha algumas idéias do que eu queria fazer e esta semana serviu mais para confirmar que as opções que eu escolhi são as corretas.

Outro fato importante foi que esta semana serviu como um período de reflexão e conscientização mental para esta jornada que com certeza não será fácil, não quero dizer que perder peso é algo impossível mas é um caminho onde a sua condição emocional conta muito.

Acredito que compartilhar a minha dieta com o Brasil e o mundo inteiro tem seus prós e contras e uma das coisas que mais afetará será a pressão de que desta vez eu tenho que conseguir atingir o meu objetivo, pois tenho certeza de que isso servirá de exemplo e motivará muita gente, principalmente as pessoas que acompanham o blog.

A vantagem é que com certeza muitos de vocês vão me incentivar e torcer pelo meu sucesso e acredito que isto será vital nos tempos em que a minha motivação estará em baixa, o que é normal em um processo desta natureza.

O Plano

O meu plano será muito simples pois não quero colocar expectativas muito altas logo no começo pois eu tenho certeza que se eu não atingi-las eu ficarei muito frustrado, por isso começarei em um ritmo lento mas acredito que conseguirei resultados satisfatórios, afinal de contas isto não é uma corrida contra o relógio ou uma competição onde quem chegar em primeiro lugar vai ganhar um prêmio.

Por isso o meu plano consistirá em fazer 30 minutos de exercícios diários 5 vezes por semana e consumir entre 1800 a 2000 calorias por dia e pronto. Eu não vou seguir nenhuma formula mirabolante pois acredito que no começo quanto mais simples o meu plano for mais chances eu terei de pegar ritmo e obter sucesso.

Exercícios

Como eu moro em Montréal, Canadá e aqui estamos no inverno que tem uma temperatura média entre -10 e -15, fazer qualquer atividade na rua fica fora de questão, porém há alternativas.

Eu tenho um aparelho da minoura que eu coloco no pneu de trás da minha bicicleta e ela vira estacionária a vantagem deste produto é que eu posso utilizar a minha própria bike que é muito mais confortável do que qualquer bicicleta de academia, além do mais este aparelho me dá a possibilidade de adicionar mais resistência.

Outra coisa que vou utilizar muito vai ser o meu videogame wii, para quem não sabe o wii é um videogame ativo onde o controle é sem fio e em casos de jogos esportivos como tennis, para jogar você tem que fazer os movimentos como se estivesse realmente jogando uma partida.

Portanto eu vou intercalar os dois exercícios, um dia a bike outro dia o wii.

Dieta

Não vou seguir nenhuma dieta específica mas vou tentar seguir da melhor maneira possível a pirâmide alimentar e consumir entre 1800 a 2000 calorias.

Vou dar atenção especial a verduras, saladas e frutas e não consumir carne vermelha por mais de 2 dias por semana, o que inclusive eu já faço.

Outra estratégia será de comer de 5 a 6 vezes por dia.

Tentações e Deslizes

O meu ponto fraco são os doces, as vezes sinto tanta vontade de come-los que não consigo em pensar em mais nada até que eu coma alguma coisa doce.

Neste estágio não acredito que seja necessário parar de consumir doces totalmente mas com certeza eu terei que me monitorar.

Outro fator em que terei que prestar muita atenção é a importância de fazer os exercícios todos os dias de segunda a sexta, pois depois que você desenvolve o hábito fica mais fácil de manter, porém no começo é difícil de pegar o embalo. Por isso, ser consistente será um fator chave, é lógico que se eu não fizer em algum dia da semana eu posso recompensar no final de semana mas pelo menos nos 3 primeiros meses eu vou colocar como um dos objetivos a consistência nos exercícios.

Avaliação

O meu plano sempre estará em constante avaliação, no final das contas o que vai decidir se devo continuar com esta estratégia será a balança, se o meu peso continuar diminuindo eu vou seguir este plano, se por algum acaso eu parar de perder peso ou me sentir desmotivado irei automaticamente mudar o plano, pois quero evitar os platôs ao máximo.

Bom, eu acredito que isto é tudo porém sempre estou aberto a novas idéias e se alguém quiser contribuir de qualquer maneira será muito bem vindo.

Gostou deste post? Leia também:

A pirâmide alimentar

popup_piramide

A pirâmide alimentar nada mais é do que um guia de alimentação gráfico do que as suas refeições diárias devem conter. Os guias alimentares foram concebidos na década de 70.

O formato de pirâmide foi concebido pelo departamento de agricultura dos EUA em 1992. Devemos entender que diferentes culturas tem hábitos alimentares diferentes, por exemplo a comida japonesa onde é composta por muitos peixes é totalmente diferente da cultura alimentar do gaúcho onde a carne vermelha é predominante.

Por estas diferenças é que um grupo de pesquisadores da USP adaptaram a pirâmide alimentar americana para os hábitos alimentares brasileiros. Uma das mudanças foram no número de grupos, na americana encontramos 6, enquanto na brasileira existem 8. Os grupos criados foram os grupos das leguminosas e outro foi criado através da separação dos açucares do grupo dos óleos.

Para uma melhor visualização aqui vai uma tabela dos grupos alimentares com o número de porções diárias e com o valor calórico de cada porção:

Grupo Alimentar

Porções diárias

Valor calórico de uma porção (calorias)

Cereais, pães, tubérculos, raízes

5 a 9

150

Hortaliças

4 a 5

15

Frutas

3 a 5

35

Leite e derivados

3

120

Carnes e ovos

1 a 2

190

Leguminosas

1

55

Óleos e gorduras

1 a 2

73

Açúcares e doces

1 a 2

110

Aqui vai uma outra tabela com os principais alimentos de cada grupo junto com a quantidade que representa cada porção:

Grupo dos cereais, pães, tubérculos, raízes
Alimento Quantidade
Arroz cozido (branco ou integral) 4 colheres (sopa)
Batata cozida 1 1/2 unidade
Bolacha água e sal ou ao leite 5 unidades
Bolacha tipo maisena 5 unidades
Bolacha tipo maisena 7 unidades
Bolacha recheada 2 unidades
Bolacha waffer 3 unidades
Cereal matinal sucrilhos 1 xícara (chá)
Macarrão cozido 3 1/2 colheres (sopa)
Mandioca cozida 3 colheres (sopa)
Pão de forma 2 fatias
Pão francês 1 unidade
Purê de batata 2 colheres de servir
Torrada 4 unidades
Grupo das hortaliças
Alimento Quantidade
Abobrinha cozida 3 colheres (sopa)
Acelga crua picada 9 colheres (sopa)
Agrião 22 ramos
Alface 15 folhas
Berinjela cozida 2 colheres (sopa)
Beterraba 2 colheres (sopa)
Brócolis cozido 4 1/2 colheres (sopa)
Cenoura crua 4 colheres (sopa)
Chuchu cozido 2 1/2 colheres (sopa)
Couve-flor cozida 3 ramos
Couve manteiga cozida 1 colher de servir
Pepino picado 4 colheres (sopa)
Pimentão cru picado 3 colheres (sopa)
Repolho cozido 5 colheres (sopa)
Tomate 4 fatias
Vagem 2 colheres (sopa)
Grupo das frutas
Alimento Quantidade
Abacaxi ½ fatia
Ameixa vermelha 2 unidades
Banana prata 1/2 unidade
Damasco seco 9 unidades
Goiaba 1/4 unidade
Laranja pêra 1 unidade
Maçã 1/2 unidade
Mamão papaya 1/3 unidade
Manga bordon 1/2 unidade
Melancia e melão 1 fatia
Pêra 1/2 unidade
Pêssego 3/4 unidade
va comum 11 bagos
Grupo do leite e derivados
Alimento Quantidade
Cream cheese 2 1/2 colheres (sopa)
Iogurte integral natural 1 copo
Leite em pó integral 2 colheres (sopa)
Leite semi desnatado 1 copo (requeijão)
Queijo de minas 1 1/2 fatia
Queijo mussarela 3 fatias
Queijo parmesão ralado 3 colheres (sopa)
Queijo petit suisse 2 potes
Queijo prato 2 fatias
Requeijão 1 1/2 colher (sopa)
Ricota 2 fatias
Grupo das carnes e ovos
Alimento Quantidade
Bife grelhado 1 unidade
Carne cozida 1 fatia
Carne de peru tipo blanquet 15 fatias
Carne moída refogada 5 colheres (sopa)
Filé de peito de frango grelhado 1 unidade
Lingüiça de porco cozida 1 gomo
Merluza cozida 2 filés
Ovo mexido 1 unidade
Lombo assado 1 fatia
Salsicha 1 1/2
Grupo das leguminosas
Alimento Quantidade
Feijão cozido 1 concha
Grão de bico cozido 1 1/2 colher (sopa)
Lentilha cozida 2 colheres (sopa)
Soja cozida 1 colher de servir
Grupo dos óleos e gorduras
Alimento Quantidade
Azeite de oliva 1 colher (sopa)
Bacon 1/2 fatia
Manteiga 1/2 colher (sopa)
Margarina 1/2 colher (sopa)
Margarina light 1 colher (sopa)
Óleo vegetal (girassol, milho, soja, canola) 1 colher (sopa)
Grupo dos açúcares e doces
Alimento Quantidade
Açúcar mascavo 1 colher (sopa)
Açúcar refinado 1 colher (sopa)
Glucose de milho (Karo) 2 colheres (sopa)
Mel 2 1/2 colheres (sopa)

Vale destacar que a pirâmide alimentar é sobre como manter uma alimentação saudável e não para perder ou ganhar peso. Se o seu objetivo é perder peso você pode deixar de consumir os grupos dos óleos e açucares, porém é recomendável consumir a quantidade mínima de cada grupo.

Seguindo estas recomendações você não vai perder peso da maneira mais rápida possível, porém acreditamos que perderá de uma maneira bem saudável. Nós do Blog da Dieta recomendamos que se você quiser começar qualquer tipo de dieta sempre procure uma avaliação médica e de um nutricionista.

Fontes: Wikipédia, CyberDiet, minhavida

Gostou deste post? Leia também:

Perder peso – Conheça a história de David Smith que perdeu 186 kg.

Você acredita que este cara na foto embaixo:

Já foi assim:

Este é David Smith que perdeu 186 kg. Quando ele começou a perder peso ele nunca imaginava que iria perder mais de 100 kg. Hoje ele se considera uma outra pessoa e para conseguir esta façanha ele se propôs a 2 coisas: nunca desistir e não por expectativas muito difíceis. “Eu sempre tive como meta perder 10 kg e depois mais 10 kg e por assim em diante.”

Veja as fotos logo antes da operação que ele fez para retirar o excesso de pele:

Esta é uma foto durante a operação:

E esta depois da operação:

E se você esta pensando qual tipo de operação ele fez, a resposta é NENHUMA. David perdeu todo excesso de peso só com reeducação alimentar e exercícios, é lógico que isto não foi de um dia para outro. Todo o processo levou mais de 2 anos mas agora que ele já sabe como se comportar em relação a comida eu duvido que voltará a ganhar peso.

É por isso que o Blog da Dieta dá os parabéns a David Smith, por conseguir mudar o curso de sua vida e por ensinar a muitas pessoas que perder peso é possível, você só precisa ter força de vontade.

Gostou deste post? Leia também:

Pirâmide Alimentar

Fonte: Tom Fishburne

Gostou deste post? Leia também:

Apenas 1 em cada 100 pessoas conseguem perder peso através de uma dieta.

Imagens SXC

Entretanto, com chances tão pequenas 34 milhões ingleses não deixaram de tentar perder peso no ano de 2002, gastando mais de R$ 36 bilhões.

O instituto Datamo-nitor, que conduziu a pesquisa, diz que a indústria da dieta é a principal culpada pois levanta expectativas fantasiosas.

Isto conduziu o Reino Unido ao segundo maior mercado para produtos relacionados a dieta na Europa, em primeiro lugar esta a Alemanha.

No Reino Unido uma pessoa gasta aproximadamente R$ 920,00 por ano em produtos para dieta.

O instituto Datamonitor realizou a pesquisa com 600 pessoas em sete países europeus.

Os resultados sugeriram que três quartos das pessoas pesquisadas estavam seguindo uma dieta ou estiveram em uma recentemente.

Na Europa, o mercado para produtos de dieta tem aumentado de R$ 173.6 bilhões em 1998 para R$ 191.1 bilhões em 2002. A expectativa para 2007 é de que este mercado atinja a marca de 207.7 bilhões.

“Em 2002, 230.6 milhões de pessoas na Europa tentaram seguir uma dieta. Destes, somente 3.8 milhões conseguirão manter o peso que perderam por um ano”, disse Lawrence Gould do instituto Datamonitor

“A baixa taxa de êxito reflete muito mal na indústria da dieta, e este problema deve ser endereçado com maior eficácia”.

“A indústria de alimentos e bebidas, assim como varejistas, tem a influência e a força financeira necessárias para produzir campanhas de informação coerentes para educar as pessoas em dieta.”

A pesquisa foi conduzida na França, Alemanha, Italia, Holanda, Espanha, Suécia e no Reino Unido.

Nota do Blog

Más notícias porém não posso deixar de concordar com elas. No meu caso eu já tentei varias dietas e no fim sempre tive o mesmo resultado, fracasso.

A única vez em que eu consegui obter sucesso em perder peso foi quando eu mudei os meus hábitos alimentares e consegui manter meu peso por 3 anos, porém depois disto eu tive uma queda e entrei em depressão e infelizmente recuperei todo o peso perdido.

Por isso é que eu concordo com esta matéria e resolvi colocá-la neste blog, eu pessoalmente não acredito em dietas, eu sei que tem muitas pessoas que vão discordar das minhas opiniões e eu respeito o seu ponto de vista, mas para mim o único jeito de perder peso é realmente fazendo uma reeducação alimentar, pois é o único método que ataca o verdadeiro problema de frente, que são os maus hábitos alimentares.

Gostaria de saber a sua opinião, você concorda que dietas não funcionam? Quais dietas você já tentou fazer? Se você consegui ter êxito com alguma dieta deixe sua opinião também, com certeza pode ajudar muitas pessoas que estão em dieta.

Fonte: BBC UK [Inglês]

Gostou deste post? Leia também:

Comer virou uma religião

Image courtesy of SXC

O americano Barry Glassner é um crítico da cultura alimentar contemporânea, autor do livro Os Segredos da Alimentação Saudável.  Segundo ele, a fixação por alimentos saudáveis rouba o prazer de uma boa refeição.

…Nos dias de hoje…um grande número de pessoas come como se seguisse uma religião. Temos rituais no preparo dos alimentos, no modo como comemos. Restaurantes são como templos e conferem status. Imaginamos que alimentos naturais serão especiais para nós de alguma maneira.

Sou a favor de uma alimentação saudável. Devemos ter uma dieta o mais equilibrada possível. Não significa idealizar certos tipos de comida. Por exemplo, comidas com altos teores de gordura são desconsideradas. A indústria criou os alimentos light. Mas a gordura é fonte de energia e também ajuda na absorção de uma série de nutrientes.

…Uma verdade óbvia é que as pessoas estão mais gordas porque comem demais. Mais do que precisam. Mas também há pessoas obesas que não comem muito. Como explicar isso? E outras que comem muito e são magras. Temos de olhar para as respostas da ciência, como casos de hereditariedade. E os hábitos das pessoas, como comer muito e não se exercitar.

…Por exemplo, alguém que sofre de diabetes não pode ingerir açúcar. Mas quem não tem, por que deixa o açúcar? Porque essa pessoa acredita que será melhor, quando na verdade pode até fazer falta dentro de sua dieta geral. Torna-se insuportável viver assim. A pessoa perde o prazer de se alimentar com o que gosta e enxerga a comida como algo negativo. Emocionalmente, não é saudável.

O que importa é manter pelo menos duas das refeições diárias balanceadas, consumindo uma boa quantidade de frutas, legumes e verduras. As pessoas precisam gostar do que comem.

Hoje, os vilões são alimentos com alto teor de gordura e carboidratos (pães, massas). O problema é que é muito difícil conseguir uma dieta saudável e prazerosa sem esse tipo de comida. É gostoso e ajuda o organismo a funcionar bem. Um bom exemplo de ex-vilão é o ovo. Há 20 anos, o ovo era demonizado por causa do alto colesterol. Hoje, os ovos são considerados um grande alimento porque têm muitos nutrientes e podem ser preparados e combinados em diferentes pratos.

…Coma suas comidas favoritas, mas em pequenas quantidades. O maior erro que as pessoas cometem é comer grandes quantidades de poucos itens. Aí não agüentam nem comer os pratos que mais gostam.

Nota do Blog

Concordamos com as idéias do Sr. Barry Glassner que diz que o mais importante é ter uma refeição balanceada.  Evitar de comer comidas que gostamos só vai te levar a frustração à constante batalha do peso.

O que as pessoas tem que compreender é que elas não ganharam todos os seus extra quilos em uma semana ou em um mês, por isso você não ira perder o seu peso em 30 dias e mesmo se perder não vai conseguir manter o peso perdido por muito tempo.

Por isso que nosso blog prega que o mais importante é a reeducação alimentar e saber diferenciar e escolher alimentos que são mais nutritivos, pois seguindo este caminho com certeza você ira atingir o seu objetivo, amém.

Revista Época

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed

Blog Widget by LinkWithin

Gostou deste post? Leia também: