Textos categorizados ‘obeso’

Alabama (EUA) Multará Funcionários Públicos por Obesidade


Eles terão um ano para entrar em forma antes que os custos do seguro de saúde passem a ser cobrados

O Estado norte-americano do Alabama, que está em terceiro lugar no ranking de obesidade do país, está fechando o cerco aos funcionários públicos que estão acima do peso.

O Estado deu aos seus 37.527 funcionários um ano para ficarem em forma – ou serão multados em US$ 25 (R$ 50) por mês pelo seguro de saúde que, caso contrário, é gratuito.

O Alabama vai ser o primeiro Estado a impor uma penalidade aos trabalhadores acima do peso, de maneira que se sintam obrigados a emagrecer. Diversos outros Estados dão recompensas por comportamentos saudáveis.

O Alabama já cobra de trabalhadores que fumam – e conseguiu um certo sucesso para fazê-los parar – e agora voltou sua atenção a um problema que atrapalha muitas pessoas no sul: a obesidade.

Se os exames de saúde constatarem problemas sérios de pressão, colesterol, glicose ou obesidade, os empregados terão um ano de médicos e programas de tratamento gratuitos para reverterem a situação.

Se eles mostrarem progresso, não serão cobrados. Caso contrário, começarão a pagar pelo seguro de saúde a partir de 2011.

Nota do Blog

Acho muito interessante esta proposta do estado do Alabama, pois muita gente só vai pensar em cuidar da própria saúde quando começar a afetar o próprio bolso.

Muita pessoas vão pensar que isto é um absurdo e que é um ataque a falta de liberdade, porém temos que pensar que uma nação que tem menos obesos vai acarretar em menos gastos na saúde pública e hospitais mais vazios.

Vale ressaltar que se uma pessoa obesa tiver mostrado progresso ela não será obrigada a pagar a taxa, o que acho muito válido pois muitos obesos não conseguiriam ficar em forma dentro de 1 ano e eu me incluo neste caso.

Na minha opinião este tipo de pensamento é perfeitamente aplicável aos fumantes, pois geram mais gastos ao setor de saúde, para min o estado do Alabama está de parabéns.

Gostaria de ver estes tipos de ação no Brasil, porém a credibilidade de nossos políticos não me encoraja para lutar por uma campanha destas, pois nunca saberíamos o verdadeiro destino do dinheiro arrecadado.

GAP Retira Números XXG das Lojas

A loja de roupas GAP decidiu que a partir da primavera de 2008 suas lojas nos Estados Unidos não irão ter mais a opção XXG, de acordo com um comunicado da própria empresa.

Nós decidimos de não mais oferecer o número XXG nas lojas e oferecer mais unidades nos números médios e grandes, que são nossos tamanhos mais populares…A decisão é parte de nossos esforços para controlar o inventário.

Se você usa XXG e a GAP é a sua loja favorita, você ainda tem a opção para comprar online que ainda carrega os números XXG, porém de acordo com um porta voz da empresa, a GAP vai manter a sua decisão de não oferecer estes números em suas lojas.

No geral, a maioria dos nossos clientes apreciou o fato de que nós oferecemos mais números nos tamanhos médios ou grandes em nossas lojas.

Nota do Blog

Acreditamos que esta decisão é puramente econômica e nada tem a ver com o controle de estoques em suas lojas.

Afinal uma companhia que usa e abusa do trabalho barato em países como El Salvador para fabricar suas roupas, vai querer ter o máximo de lucro possível e como uma camisa XXG usa muito mais tecido do que uma média e ambas são vendidas ao mesmo preço, não temos dúvida do porque desta decisão.

Olá…

Meu nome é Alex Costa e tenho 34 anos.  Nasci e vivi no Brasil durante 28 anos mas atualmente moro em Montreal, Canadá.
Durante minha infância era somente eu e minha mãe.  Ela trabalhava em tempo integral, portanto tínhamos uma alimentação que era bastante simples de preparar….pasta, hambúrguer, salsicha, etc.  Nós dois gostávamos (e ainda gostamos) de doces e muito por sinal.
Eu sempre fui obeso desde criança, mas não tão exageradamente, porque praticava esportes – se não fosse futebol, era tênis, kung-fu ou rugby.
Em 1998 eu fui morar na cidade de Kingston no Canadá para estudar inglês durante um período de 10 meses.  As aulas eram de manhã e tínhamos poucas atividades durante a tarde e por isso fiquei entediado em pouco tempo.  Eu comecei a freqüentar a academia, simplesmente porque não tinha outras opções e também não tinha custo adicional porque estava incluso na matrícula da escola.
Eu não tinha idéia qual era o meu peso na época, mas imagino que estava com 155 kg.  Eu nem percebi que estava perdendo peso, até num dos últimos dias do curso quando vesti minha calça jeans e percebi que precisava de um cinto porque estava caindo.  Isso me surpreendeu e me motivou.
Voltando para o Brasil, continuei me exercitando.  Comecei a freqüentar a academia perto da minha casa e fiz alguns exames.  Descobri que não estava tão mal de saúde, mas estava com 145 kg.  Eu não pensava num objetivo ou em fazer qualquer regime específico.  Minha meta  foi de fazer exercícios (cardio) diariamente por uma hora e meia e levantamento de pesos, e segui este plano durante seis meses.  Depois, adicionei natação a minha rotina.
Após um ano e meio eu pesava 125 kg.  Como este plano estava dando resultados, eu decidi mudar para uma academia mais equipada e que oferecesse atividades diferentes.  Nesta época comecei a seguir uma dieta balanceada preparada por uma nutricionista.  Como resultado, comecei a perder 5 kg por mês e cheguei a 97 kg. em menos de seis meses.  Também cheguei a ter 15% de gordura corporal …nada mal comparado com mais de 40% que tinha quando comecei dois anos atrás.  Bela conquista!
Consegui manter este peso durante dois anos e meio.  Em 2002, me mudei de volta para o Canadá e durante os primeiros seis meses consegui manter o meu peso, mas depois tudo foi ladeira abaixo.  Fiquei deprimido e comecei a engordar.  Fiquei preso  num ciclo vicioso durante três anos e cheguei a engordar tudo que tinha perdido e ainda adquiri mais alguns quilos.
Não tenho certeza quanto engordei, mas comprei uma balança que vai até 172 kg que só mostrava mensagens de erro.  Para piorar, e como resultado do excesso de peso, machuquei meu joelho.
Atualmente, ainda tenho algumas questões a resolver, mas decidi que precisava perder tudo que tinha engordado.  Esta é a razão porque eu criei este blog, eu quero mostrar que é possível perder peso através de uma alimentação saudável e exercícios, e que talvez possa ser útil a outras pessoas que estão na mesma situação.


 

Agosto 2008
S T Q Q S S D
     
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

alexa