Archive for the ‘Obesidade Brasil’ Category

Refrigerantes diet podem estar ligados ao ganho de peso

Uma pesquisa realizada pela University of Texas Health Science Center em San Antonio parece mostrar uma relação entre o consumo de refrigerantes diet e ganho de peso.

O estudo realizado por 8 anos e feito com mais de 600 pessoas de peso normal, descobriu que 65% das pessoas pesquisadas tinham mais chances de terem excesso de peso se bebessem um refrigerante diet por dia do que as pessoas que não bebiam refrigerantes. E se eles bebiam dois ou mais refrigerantes diet por dia, eram ainda mais susceptíveis a ficarem com sobrepeso ou serem obesos.

Para o espanto de muitos, parece que aqueles que bebiam refrigerantes diet tinham uma chance maior de se tornarem obesos do que aqueles que bebiam refrigerantes não diet.

Segundo o estudo:

Uma possibilidade para estes resultados é que uma pessoa que bebe um refrigerante diet pode sentir que está tudo bem e pode compensar as calorias não ingeridas com outro alimento de alto valor calórico.

Achei bem interessante este estudo e gostaria que estes tipos de pesquisas fossem mais frequentes.

Eu já fui muito viciado em refrigerantes diet, principalmente a coca e a pepsi, cheguei a tomar 2 litros por dia. Eu acredito que a razão pela qual eu cheguei a tomar essa quantidade, além de estar viciado é claro, foi pelo fato que toda vez que eu sentia vontade de comer doces, eu atacava o refrigerante e no começo isto me saciava mas depois eu começava a sempre tomava o refrigerante diet com um docinho junto.

Talvez o refrigerante em si não cause ganho de peso, porém temos que levar em conta qual é o tipo de comportamento que o produto nos leva a ter, e por isso o estudo comprovou haver uma relação de refrigerantes diet com o ganho de peso.

De qualquer maneira, eu acredito que se você conseguir trocar o refrigerante por água com gás, que foi o que eu fiz, o seu corpo irá agradecer.

Fonte: Dietblog

Gripe Suína (Vírus H1N1)- A obesidade seria um risco a mais?

gripe-suina

Novos dados sugerem que a obesidade, especialmente extrema (IMC acima de 40), aumenta as chances de morte para as vítimas da gripe suína.

O estudo, publicado pelo Centers for Disease Control and Prevention, supervisionou dez pacientes com gripe suína em um hospital de Michigan, todos os pacientes tiveram de ser colocados em aparelhos especiais devido à gravidade da doença.

O estudo constatou que:

  • Três pacientes morreram.
  • Dois pacientes eram obesos (IMC entre um 30-40).
  • Sete dos pacientes eram extremamente obesos (IMC acima de 40), sendo responsável por duas das três mortes.

O estudo acrescenta que dados de uma pesquisa realizada na Califórnia, descobriu que a obesidade parece acrescentar um risco maior para as pessoas que estão infectadas com a gripe suína.

Os cientistas não tinham o objetivo de descobrir se obesidade foi um fator determinante na gravidade da gripe suína, a agência Reuters explica:

O estudo não foi desenhado para ver se obesidade ou qualquer outro fator representa um risco maior para a gripe. Mas, os cientistas ficaram surpreendidos ao ver que sete dos 10 pacientes eram extremamente obesos.

Ainda não é conhecida por que a obesidade parece aumentar a probabilidade de morte ou complicações graves nos casos da gripe suína, ela não é considerada um fator de risco em casos de gripe sazonal. Uma possibilidade é que devido a uma maior massa corporal, pacientes obesos necessitam de uma dose maior de Tamiflu.

A obesidade é, no entanto, uma causa conhecida para contribuir ou complicar, uma série de condições médicas, incluindo doenças cardíacas, diabetes, acidente vascular cerebral, doença de Alzheimer, e vários tipos de cancro.

Fonte: dietblog

Será que os brasileiros não se importam muito com a saúde?

Muitas das matérias que eu coloco aqui no blog são relacionadas aos assuntos que eu escuto aqui no Canadá, o que está em destaque nos portais ou blogs “gringos” ou simplesmente por achar o assunto interessante e que na minha opinião deva ser difundido para que o máximo de pessoas devam conhecer sobre o fato.

As vezes eu penso que eu estou um pouco fora de sintonia com os assuntos relacionados a saúde no Brasil pelo simples fato de estar vivendo no Canadá, por isso eu comecei a pesquisar nos grandes portais brasileiros para ficar um pouco mais conectado com a realidade do Brasil e deste blog pois a grande maioria dos visitantes são brasileiros que moram no Brasil.

Mas surpreendentemente eu reparei que estes portais não falam quase nada sobre saúde e muito menos põe alguma matéria em destaque na primeira página, será que o brasileiro não se interessa muito por questões sobre saúde? Ou será que os grandes portais só querem saber mesmo é de assuntos que sejam polêmicos e que tragam o máximo de pessoas para os seus sites?

Veja a foto abaixo, como exemplo, você pode reparar que os portais do UOL, IG e Globo sequer tem uma seção de saúde! Enquanto o Terra que diferentemente possui uma, porém fica enterrado na seção vida e estilo que na minha opinião é um absurdo pois como a questão de saúde pode ser considerado como um estilo? Então quer dizer que aquela gíria que diz que uma pessoa é estilosa podemos aplicar para uma pessoa que cuida da sua saúde?

portais-brasileiros-saude

Infelizmente isso me leva a pensar que o povo brasileiro não presta mesmo muita atenção sobre a sua saúde, pois se olharmos no mundo dos blogs por exemplo, existe poucos blogs que tratam sobre o tema da saúde e dos que fazem não existe nenhum que seja realmente popular. Se compararmos então com os blogs sobre saúde em Inglês a diferença é ainda maior e não digo isto só no número de visitantes, mas também no número de participação das pessoas.

Neste blog por exemplo se eu pegar as 10 matérias mais acessadas, 6 delas são sobre curiosidades, celebridades ou coisas que não tem uma relação direta com informações que tragam algum conhecimento para que você melhore o seu estilo de vida e passe a ter uma vida mais saudável.

Acredito que muitos fatores levam a este tipo de comportamento do brasileiro e um deles é a falta de educação, onde na maioria dos estudantes de hoje (e até da minha época) procuram a escola ou faculdade pois sentem que o diploma é a coisa mais importante que se pode ganhar em uma sala de aula e não estão preocupados com o conhecimento que podem adquirir ou a curiosidade de se aprender alguma coisa nova.

Agora na sua opinião, porque você acha que o brasileiro de uma maneira em geral não se interessa por assuntos na questão da saúde? Ou você acredita que isto é uma falta de visão dos grandes portais brasileiros, pois existem muitas pessoas que estão a procura de informações sobre saúde? Gostaria de saber a sua opinião.

Globo repórter – Saúde, qualidade de vida e dieta

Este foi um programa especial do globo repórter de 35 anos.  Os internautas ajudaram na escolha do tópico e escolheram o tema da saúde.

Eu recomendo a todos a assistirem este programa, entre muitas coisas você vai ver imagens de São Paulo na década de 70 onde praticamente não se via pessoas acima do peso, vai descobrir que Aracajú é a capital mais saudável do Brasil (parabéns aos sergipanos) e vai poder se espelhar em dona Maria, uma senhora com 93 anos e que pratica esportes regularmente e cuida da sua dieta.

Os adolescentes brasileiros se alimentam mal

Essa é uma pequena reportagem do programa Fala Brasil que mostra um pouco da realidade dos adolescentes brasileiros.

O foco é sobre o café da manhã que é a refeição mais importante do dia.  Vale a pena conferir.

Blog Widget by LinkWithin