Dieta da televisão

Foto: origem desconhecida

Não chega a ser nenhuma surpresa que a maioria dos comercias sobre comida na tv são de produtos que não fazem nada bem a sua saúde, porém você já chegou a pensar como seria a sua dieta se você seguisse os “conselhos” da sua tv?

Um grupo de pesquisadores norte americanos fizeram uma pesquisa sobre os comerciais de comida no horário nobre e nas manhãs de sábado, onde predomina a programação infantil, foram coletados 84 horas de programação sobre o horário nobre e 12 horas para a programação infantil.

Ao fazerem uma dieta de 2000 calorias diárias somente com produtos que são anunciados na televisão, os pesquisadores chegaram a conclusão que se você consumisse essa dieta, você estaria comendo 20 vezes a mais a quantidade de gordura do que o recomendado!

E se isso não bastasse, fica ainda pior se analisarmos a quantidade de açúcar, que chega a ser 25 vezes, isso significa que em um único dia você estaria comendo a quantidade de açúcar recomendada para 1 mês! Além do mais, esta dieta iria te proporcionar menos da metade do que é recomendado de frutas, verduras e de leites e derivados.

Outro fato interessante é que enquanto o departamento de agricultura americano, gasta 268 milhões de dólares para promover a pirâmide alimentar e um estilo de vida mais saudável, quantia que aparentemente seria considerada interessante, a indústria de alimentos gasta cerca de 11,3 bilhões de dólares para promover os seus produtos.

Vale destacar que durante o estudo, 775 alimentos que tiveram as suas propagandas veiculadas não continham quantidades adequadas dos 12 principais nutrientes, entre eles, cálcio, potássio, fibras e etc. Porém estes produtos eram ricos em gordura, açúcar e sódio, isto quer dizer que estes produtos podem incrementar as suas chances de desenvolver problemas no coração, diabetes e avc (acidente vascular cerebral).

Não é a toa que os especialistas consideraram que a televisão é um “ambiente tóxico”, devido a influência que ela mantém sobre o nosso comportamento.

Vale a pena refletir

Estudos têm mostrado, por exemplo, que as campanhas de educação do passado que foram projetadas para informar o público sobre os riscos cardíacos associados com dietas ricas em colesterol e gordura e encorajar os consumidores a escolher versões de baixo teor de gordura dos alimentos não foram bem sucedidos em conseguir que as pessoas mudem seus hábitos alimentares. Mas quando os fabricantes começaram a veicular a publicidade dos seus produtos diet ou light na TV, o consumo destes produtos aumentaram.

Fonte: Time

Blog Widget by LinkWithin

Acompanhe o Blog

Me siga no Twitter Receba as últimas notícias no seu email Assine o nosso RSS Visite o meu perfil no Orkut

2 Responses to “Dieta da televisão”

  1. Sabrina Mix disse:

    É, Alex, outro dia eu tive uma “ideia” que nunca vai pegar. As grandes redes de fast food bem que poderiam criar pratos de salada infantis que viessem com aqueles brinquedos. Imagina a felicidade dos pais ao verem os pequenos comendo verduras e felizes por isso. Mas alimentação saudável não vende, né?! Fazer o quê?

    Beijos e sucesso!!!

Leave a Reply





SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline