Saiba como você deve se alimentar antes de um treino

Friday, February 5th, 2010

Este vídeo é bem legal e mostra como é importante a alimentação quando você começa a praticar esportes.

No começo, você vai ver o relato da Flávia que passou mal em uma meia maratona por causa da sua má alimentação.

Depois, você vai escutar as dicas da nutricionista Tânia Rodrigues.

Colesterol: Saiba como evitar

Tuesday, January 19th, 2010

colesterolImagem Kauê Turcati

A melhor forma de controlar o colesterol é manter hábitos saudáveis, como dieta balanceada, rica em frutas, legumes e verduras; praticar atividade física, o que ajuda a aumentar o colesterol bom e reduzir o ruim; não fumar porque o fumo reduz o colesterol bom; e pessoas com antecedentes familiares, ou seja, cujos parentes têm histórico de colesterol elevado, devem buscar orientação médica e controlar o nível de gordura no sangue o mais cedo possível, o que pode até ser na infância.

Perigo

O colesterol elevado, especialmente a fração ruim, LDL, está relacionado ao surgimento de doenças nas artérias e ao desenvolvimento de aterosclerose que, em geral, leva à obstrução das artérias e consequentemente a outros problemas graves, como Infarto e Acidente Vascular Cerebral. O importante é lembrar que o entupimento das artérias pode ocorrer em qualquer parte do organismo e, portanto, pode comprometer a irrigação sanguínea de vários órgãos, como os rins.

Idade

O aumento do colesterol não está relacionado à idade, mas sim aos hábitos de vida, como má alimentação, sedentarismo e tabagismo, e a aspectos genéticos. Hoje, sabe-se que muitas crianças têm colesterol elevado em função de maus hábitos, como alimentação à base de fast food, e sedentarismo na frente do computador, ou da televisão. Quanto mais jovem a pessoa apresenta colesterol elevado, mais jovem desenvolve doenças nas artérias.

Alimentação

A alimentação de quem tem colesterol elevado deve ser rica em carnes brancas, frango e peixes, em especial, os de água fria, como bacalhau, truta e sardinha. Também deve ser rica em frutas, verduras e legumes. As frutas secas, como avelã e nozes, também são uma boa opção, mas é preciso tomar cuidado porque são calóricas. Estudos provam que os flavonóides contidos em vinhos de boa qualidade ajudam a reduzir o colesterol ruim, mas é preciso tomar cuidado com a quantidade consumida. A soja também tem mostrado bons resultados no aumento do bom colesterol e na redução do ruim.

Pessoas com colesterol elevado devem evitar gordura saturada, encontrada em carnes vermelhas, nos embutidos, pele de aves, frutos do mar (camarão, lula, ostra, lagosta, polvo e marisco), gema de ovo, frios, leite integral e derivados, biscoitos amanteigados, folhados, sorvetes cremosos e chantilly. Nos casos comprovados de problema metabólico, além destes cuidados, é necessária a administração de medicamentos, que somente o médico pode receitar.

Fonte: ABN News

Dicas de alimentação para o “executivo atleta”

Wednesday, December 16th, 2009

executivo-atleta

Uma das principais reclamações de executivos, e executivas, hoje em dia é a agenda apertada para conseguir ter uma boa alimentação durante a semana e praticar atividades físicas. Quando conseguem almoçar faltam na academia, ou vice-versa. A correria os obriga a escolher por uma das opções saudáveis, quando ambas deviam ter seu lugar obrigatório na agenda diária de cada um, até para aliviar o stress sob o qual são submetidos.

Muitas vezes as pessoas acabam optando por fast foods e/ou alimentos embutidos, refinados e enlatados, e não percebem que estes são desprovidos de nutrientes e contêm aditivos químicos e conservantes que não são bem vindos ao nosso organismo.

A Dra. Daniela Jobst, nutricionista clínica funcional acredita que a alimentação funcional é uma grande aliada de todas as pessoas, inclusive das que tem pouco tempo para se alimentar e praticar esportes. Comer “direito”, mesmo que na correria, é uma grande benefício para o nosso corpo e ajuda o organismo a funcionar de forma equilibrada nos dando disposição e pique para “aguentar” a agitação diária.

A alimentação do “executivo atleta” deve ser rica em nutrientes funcionais e substâncias essenciais que auxiliam seu desempenho no trabalho e nos esportes. A introdução de alimentos crus alcalinos de alto valor nutritivo, as gorduras essenciais, e alimentos que não induzam inflamação a nível celular são alguns dos focos dessa dieta.

Abaixo algumas dicas de alimentação funcional para quem deseja comer bem e ter pique na hora de praticar exercícios, mesmo na agitação do dia-a-dia:

• O chá verde na forma de chá e extrato em pílula é o amigo número um no lugar do cafezinho. Ele não é só mais atrativo de se tomar, como também possui polifenóis que são antioxidantes 200 vezes mais poderosos que a vitamina E. Os mesmos previnem e revertem células cancerígenas e a oxidação do HDL- colesterol bom – não deixando com que placas se formem nas artérias. O chá verde é também termogênico, que leva o corpo a queimar gorduras. Além de todas essas maravilhas ainda é energético pela presença da cafeína.

• Nos intervalos das refeições o (a) executivo (a) pode consumir sucos verdes de verduras e tomar ômega 6 (GLA) e 3 (DHA) em suplemento. A boa função do cérebro está intimamente ligada com o consumo dos ácidos graxos essenciais. Daí a importância da suplementação diária dos mesmos.

Toda essa conduta preventiva ajudará a neutralizar e diminuir o nível de cortisol e norepinefrina, considerados “químicos do stress” que são levados na corrente sanguínea quando sob stress de trabalho.

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Jovens comem pior que adultos

Monday, December 14th, 2009

Pesquisa Datafolha aponta que jovens entre 16 e 25 anos têm os piores hábitos alimentares da população paulistana. Entre os motivos estão a maior exposição à publicidade e a valorização de um estilo de vida que gasta pouco tempo com a alimentação, segundo especialistas.

São os jovens os que mais consomem enlatados, salgadinhos, chocolates e outros alimentos industrializados não recomendados. São eles, também, os que menos comem alimentos saudáveis.

Segundo o professor de nutrologia da Unifesp José Augusto Taddei, esses alimentos estão substituindo hábitos mais saudáveis típicos do brasileiro, como o uso de frutas, verduras, legumes e grãos.

O consumo desses e de outros alimentos recomendados, como peixe e leite, é mais frequente entre a população com 56 anos ou mais. “Eles formaram seus hábitos lá atrás, com menos influência da publicidade”, diz Taddei.

O nutricionista da USP Daniel Bandoni também vê uma tendência de supervalorizar produtos industrializados. “A juventude tem sido bombardeada com propagandas desses alimentos.” Para Bandoni, existe uma migração de jovens e adultos para um estilo de vida mais passivo, que valoriza mais a praticidade do que a saúde. “Não se perde tempo para cozinhar, mas se perde pra ver TV.

Ele aponta possíveis desvantagens no consumo do alimento comprado pronto, como a perda do controle do processo de produção: não é possível, por exemplo, escolher a quantidade de gordura e sal. Para Bandoni, os novos hábitos aumentam as chances de desenvolvimento de colesterol alto e doenças como obesidade e hipertensão.

Arroz, feijão e peixe

Já o consumo diário de arroz e feijão pela maioria dos paulistanos foi visto como um dos resultados positivos da pesquisa. “É um consumo democrático”, diz Taddei. Ele ainda ressalta que a combinação é saudável e típica da cultura do brasileiro.

O peixe, por outro lado, foi apontado pela pesquisa como um dos alimentos menos democráticos na cidade. A pesquisa mostra que só 3% da população da cidade come peixe todos os dias. Bandoni diz que o dado é preocupante se comparado ao do consumo de linguiça, salsicha e salame.

Considerada por nutricionistas essencial para o crescimento e importante para o aprendizado, a primeira refeição do dia é rejeitada por 36% dos jovens. A falta de tempo ou a vontade de dormir mais são apontados por especialistas como os principais motivos para esse comportamento.

Fonte: Jornal Agora

Como prevenir ou ajudar a curar a depressão através da alimentação

Wednesday, October 7th, 2009

depressão-prevençãoImagem Ayleene de Monn

A depressão ao contrário do que muitas pessoas podem pensar, é uma doença muito frequente, segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, cerca de 121 milhões de pessoas em todo o mundo é afetada por ela.

Uma das causas da depressão está diretamente ligada à alimentação do paciente, há evidências de que pessoas depressivas possuem níveis plasmáticos menores de ômega-3, em comparação a pessoas sadias.

Uma dieta rica em ômega-3 vindas do óleo de peixe de águas profundas e geladas como, atum, salmão, arenque, sardinha e a semente de linhaça, pode diminuir a probabilidade da pessoa ficar depressiva e até mesmo se suicidar. Por isso, a suplementação com ômega-3, tem sido usada cada vez mais em tratamentos de depressão, e o resultado é cada vez mais eficaz.

Além do óleo de peixe, o ômega-3 pode ser encontrado nas nozes, no agrião, no espinafre.
A combinação de uma dieta balanceada, acompanhamento psicológico e a prática de exercícios físicos pode ser a chave para a prevenção e até cura desta doença que atinge tantas pessoas.

Outro fator que está ligado ao quadro de depressão é o desequilíbrio intestinal. Isto mesmo, o intestino que não funciona bem interfere na produção correta dos neurotransmissores, que são responsáveis pelo equilíbrio do humor, depressão, e até mesmo da vontade de comer doces e carboidratos em geral.

A produção do neurotransmissor serotonina, responsável pelo bem estar e felicidade tem sua produção em torno de 80% intestinal, desta forma tratar e reequilibrar a flora intestinal é muito importante na depressão, podendo evitar a utilização de antidepressivos quando estiverem ainda no início.

Blog Widget by LinkWithin
SEO Powered by Platinum SEO from Techblissonline