Tag Archive for ‘carne’

Uma dieta rica em carne vermelha pode aumentar o risco de câncer da próstata

Imagem Vito Covaluccicarne-vermelha-tomates

A ligação entre câncer de próstata e o IGF-1 (hormônio que simula as ações da insulina) tem sido claramente demonstrada, graças a pesquisadores da Universidade de Oxford.

Nos estudos, foram compilados resultados de 12 pesquisas já realizadas para avaliar se existe uma ligação entre IGF-1 e o câncer de próstata. No total participaram 3.700 homens com a doença e 5.200 sem. A idade média dos participantes foi de 62 anos.

Existe uma necessidade de identificar fatores de risco para câncer de próstata, especialmente aquelas que podem ser segmentadas como terapêutica e/ou mudanças de estilo de vida.

Agora que sabemos que esses fatores estão associados à doença, podemos começar a examinar como a dieta, e estilo de vida, podem aumentar os riscos e se mudanças poderiam reduzir a chance do homem contrair a doença.

O brasileiro adora churrasco, e muitas vezes desconhece que as substâncias químicas, eliminadas quando queimado o carvão para assar a carne, são em grande parte nocivas à saúde humana e capazes de causar câncer e mutações genéticas. Além dos estudos envolvendo a carne, outros costumes do Brasil também podem aumentar o risco de câncer.

Entre outros hábitos para prevenir o câncer de próstata, eu deixo uma dica de alimentação. O tomate, além de cargas de vitamina C, é uma das mais ricas fontes de licopeno flavonoide – o que lhes confere a sua cor vermelha – e que demonstrou defender o organismo contra o câncer de próstata. Para que tenha esse efeito, é necessário o consumo de 3-4 rodelas de tomate por dia.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Homem perde 73 kg em 6 meses com dieta de cebola e alho!!!

Imagem croatiantimes

momir-zmiric

“Eu não queria seguir nenhuma dieta recomendada por médicos e também não queria tomar nenhum remédio porque eu sabia que a solução estava na minha cabeça. Por isso eu decidi de começar uma dieta e parar de fumar na mesma noite”, esta declaração é do croata Momir Zmiric de 42 anos, que é pintor de paredes e vive na cidade de Split (a segunda maior cidade da Croácia).

Segundo Momir: “Eu não podia correr 2 metros. Então eu decidi de parar de comer carne, batata, queijo, presunto e outras comidas gordurosas que eu gostava. Quando o peso começou a diminuir, eu comecei a caminhar bastante, nadar e pedalar”.

A sua dieta foi determinada pelos seus dois alimentos não calóricos favoritos: Cebola e alho em cima de uma bolacha com suco de cenoura. “Eu também comi outras coisas que não eram gordurosas”, admite Momir que algumas vezes comeu peixe mas ficou longe da carne vermelha.

“Para o almoço eu comia 2 kg de carne assada ou 1 frango inteiro. Então no casamento da minha irmã eu decidi de parar de comer do jeito que eu comia. Eu não conseguia me olhar no espelho. Eu fiquei um pouco bêbado naquela festa e quando eu voltei pra casa no meio da escuridão do meu quarto eu decidi que iria entrar em uma dieta. Em seis meses meu peso foi de 165 kg para 92 kg”, segundo Momir.

Mas nem tudo foram flores, ele enfrentou algumas crises.

“Eu fui insistindo na minha dieta. Teve momentos de crise mas eu queria perder peso e apesar de que os médicos dizem na mídia, eu me sinto bem. Você pode ver eu estou em forma”, disse o pintor.

“As pessoas me dizem que eu sou candidato para entrar no livro dos recordes. Eu não conheço ninguém que perdeu 73 kg em 6 meses. Mas eu quero mais, agora que eu não preciso de usar camisas 6 extra-grandes, eu uso somente extra-grande. Eu quero ficar igual ao Arnold Schwarzenegger nos seus melhores dias. Pode acreditar, em mais ou menos 1 ano, eu vou ficar igual ao Schwarzenegger”, disse Zmiric.

“Eu quero começar um website para ajudar outras pessoas e também pretendo escrever um livro para contar sobre as minhas experiências”, “O meu objetivo é ajudar a outras pessoas que estão acima do peso. Eu sei como muitas pessoas estão, a minha pressão era de 200, isso significa que você está a um passo da morte, hoje ela esta em 120. Corriqueiramente eu paro as pessoas que estão acima do peso na rua e pergunto quanto elas pesam e antes delas ficarem revoltadas eu mostro uma foto minha de 6 meses atrás que está no meu celular. Depois disso, elas começam a pensar sobre elas mesmas”.

E vocês o que acham da dieta do Momir Zmiric? Uma coisa eu posso dizer é que a sua força de vontade é de causar inveja. E você acha que ele vai ficar igual ao Schwarzenegger? Quando eu li, eu pensei que ele esta viajando na maionese mas se ele me dissesse 6 meses atrás que iria perder 70 kg em 6 meses eu ia ter o mesmo tipo de pensamento e ele conseguiu, por isso fico em dúvida.

Para concluir, eu penso que a força de vontade é a nossa principal arma, com ela podemos atingir qualquer meta, não importa o quanto seja difícil e o croata Momir é um exemplo disso.

Fonte: croatiantimes

Gostou deste post? Leia também:

Os prós e os contras da carne vermelha

Imagem Outback Steakhouse

maes_picanha

Há muito se discuti os benefícios e malefícios da carne vermelha, mas o fato é que ela nos oferece proteínas que são essenciais à vida, e a falta dela faz com que nosso corpo tenha envelhecimento precoce e produção reduzida de anticorpos.

Carne de boi, porco, cordeiro e veado são excelentes fontes de proteína e aminoácidos necessários à regeneração celular, além disso, são fonte de ferro heme, que é mais facilmente absorvido pelo organismo e que também ajuda na renovação da célula. Além do ferro as carnes são as principais fontes de vitamina B12 essencial na proteção contra as anemias.

Porém, como tudo, o lado negativo deste alimento também existe. As carnes vermelhas podem ser ricas em gorduras saturadas, que fazem mal ao organismo e em excesso são inflamatórias. Além disso, alguns animais recebem antibióticos e hormônios que são potencialmente nocivos ao organismo dos seres humanos, por isso é importante saber comprar as carnes.

O ideal é o consumo de carne de animais de criação livre, que não são criados em currais, e sim em pastos e que, além disso, sejam carnes orgânicas, que vêm de animais que não recebem hormônios e antibióticos e comem ração livre de agentes químicos potencialmente perigosos.

Uma dica da nutricionista funcional Daniela Jobst para quem gosta de carnes exóticas: “Opte pelo bisão (búfalo) ou avestruz, que trazem os mesmos benefícios das carnes de outros animais”.

dra-daniela-jobst-nutricionista-funcional

Dra. Daniela Jobst é nutricionista e Pós Graduada em Nutrição Clínica Funcional e Bioquímica do Metabolismo pela VP/Consultoria Nutricional/Divisão de Ensino e Pesquisa, Especialista em Fisiologia do Exercício pela Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), membro do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional e do Instituto de Medicina Funcional dos EUA.
Atualmente atende em consultório particular em São Paulo.
Site: www.nutrijobst.com

Gostou deste post? Leia também:

Você é o que você come

Para ver o resto das fotos vá ao Blog Asttro

Blog Widget by LinkWithin

Gostou deste post? Leia também: