Tag Archive for ‘cerebro’

Açúcar e gordura mudam atividade cerebral

Imagem Maria Kaloudi

acucar

Quando eu ainda morava no Brasil eu nunca tinha ouvido falar que o açúcar deixava as crianças “loucas” pois dava uma extra dose de energia, achava que tudo isto era balela, uma pura forma de manter os doces fora do alcance das crianças.

Mas depois de um tempo eu comecei a analisar e comecei a achar que no fundo todo esse papo tinha algo de verdade mas eu não tinha nenhuma evidência para suportar o meu “achismo”.

Agora especialistas acreditam que quando você consume muitos alimentos com alto teor de açúcar e gordura, isso mexe com algumas quimicas que estão presente no cérebro que se chamam opiods (eu ainda não encontrei a tradução para o português).

É por causa do aumento deste químico que traz aquela sensação de felicidade e euforia, por isso que, quem gosta de um doce sempre ataca as guloseimas quando está deprimido ou estressado.

Portanto fique atento quando você está consumindo bolachas, chocolates, bolos, sorvetes e guloseimas em geral, as vezes não é nem porque você está com tanta vontade mas é porque você está deprimido demais.

Fonte: SSIB


Quer viver mais e melhor? Ingira menos calorias

Imagem Paulo Correa
valor-nutricional-tabela-calorias

Quem está em dieta sabe o quão importante é controlar a ingestão de calorias. Agora, pesquisadores descobriram que diminuindo o consumo de calorias não é bom somente para a sua cintura, mas também pode retardar o envelhecimento.

Um novo estudo da revista Science, pesquisadores investigaram mais de 70 macacos por 20 anos. Metade dos macacos seguiram uma dieta restrita em calorias porém muito nutritiva, em valores, eles consumiram 30% menos calorias do que normalmente comeriam. Enquanto, a outra metade comia o quanto quisesse.

No final, 53% dos macacos que seguiam a dieta ainda estavam vivos até ao final do estudo, em comparação com apenas 34% do outro grupo. Outro ponto importante, os macacos que comeram menos calorias permaneceram mais saudáveis por longos períodos de tempo. De fato, eles tinham 3 vezes menos probabilidade de desenvolver doenças relacionadas com a idade como o câncer, doenças cardiovasculares e diabetes. Eles também apresentaram melhorias em relação a saúde do cérebro. “Todas estas mudanças ajudam a retardar o processo de envelhecimento”, diz o Dr. Richard Weindruch, autor e professor de medicina da Universidade de Wisconsin em Madison. Inclusive um outro estudo realizado por ele descobriu que a restrição calórica poderia ajudar a diminuir a perda de músculos com o envelhecimento.

Como macacos e seres humanos estão intimamente ligados, os resultados podem se aplicar a você, também. No entanto, o Dr. Weindruch é hesitante em recomendar uma redução de 30% de calorias para os seres humanos, dizendo que pode ser demasiado para a maioria das pessoas. “E se você reduzir muito o seu consumo alimentar, você poderá entrar em desnutrição”, diz ele. Se você quiser seguir este método, você deverá procurar um perito qualificado como um nutricionista que pode te acompanhar e de ter a certeza de que enquanto você está cortando calorias, você está recebendo todos os nutrientes que você precisa.

Adoçante: Uso diário pode ser prejucial à saúde

[vodpod id=ExternalVideo.838711&w=425&h=350&fv=]

Gostou deste post? Leia também:

Uma dieta rica em carne vermelha pode aumentar o risco de câncer da próstata

Baixo nível de vitamina D pode estar associado ao ganho de peso em garotas

Como amenizar a vontade de comer doces no inverno

Estudo japonês mostra que o consumo de café diminui risco de câncer de útero

Nutrição funcional pode curar doenças da tireoide

Má digestão causa sono, acne, olheiras, além de constipação intestinal e gordura localizada

Exercício e Glutamina – Metabolismo, imunidade e suplementação

Ninguém engorda por excesso de caloria

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed
Ou receba as atualizações por Email
Me acompanhe pelo Twiter

Comer é prazeroso para você?

Imagem SXC

Pesquisas recentes demonstraram que muitas pessoas acima do peso ideal não tem prazer em comer doces e comidas gordurosas. Aliás, têm menos prazer do que pessoas magras. Como resultado, os obesos comem mais destes alimentos menos saudáveis justamente procurando satisfação. Em geral, mulheres com menos receptores de dopamina no cérebro tendem a comer mais justamente para provocar uma resposta de prazer, enquanto aquelas mulheres com mais receptores de dopamina no cérebro podem sentir prazer comendo menos.

O ato de comer deve ser agradável, mas não ao ponto de ir acima das necessidades diárias do seu corpo.

Uma recomendação boa para quem está tentando emagrecer é de levar mais tempo nas refeições – deitar seu garfo entre cada “bocada”, mastigar lentamente e realmente procurar sentir o gosto e o prazer em comer. Quando tomamos mais tempo para comer, o corpo sente o gosto dos alimentos, e você descobrirá que necessita menos quantidade.

Fonte: that’s fit

Sexo e chocolate aumentam capacidade cerebral

Imagem SXC

A tese é defendida no livro Teaching Yourself: Training Your Brain (Ensine você mesmo: treine seu cérebro, em tradução livre).

Na obra, os autores Terry Horne e Simon Wootin analisam como a dieta, o ambiente e o estresse afetam a capacidade mental das pessoas.

De acordo com a obra, a penetração durante o ato sexual aumenta os níveis de oxitocina, que estimula o cérebro a pensar em novas idéias e soluções para problemas, enquanto que o pós-coito aumenta a quantidade de serotonina, estimulando a criatividade e o pensamento lógico.

No que se refere à comida, os autores acreditam que ingredientes encontrados no chocolate amargo, como magnésio e antioxidantes, aumentam a oxigenação cerebral. E comer frios, ovos ou peixes no café da manhã dá mais energia e facilita a absorção de nutrientes pelo organismo.

Os autores aconselham os leitores a seguirem um “conceito de vida” chamado BLISS (prazer corporal, alegria, envolvimento, satisfação e sexo, na sigla em inglês) para aumentar a performance mental.

E ainda afirmam que quem quer impulsionar o cérebro deve evitar fumar maconha, assistir a novelas e conviver com quem reclama muito da vida.

“Misture-se com pessoas que te façam rir. Evite as pessoas que reclamam demais porque elas podem deixá-lo deprimido”, aconselhou Hornes, que ainda defende baixa ingestão de álcool e carnes vermelhas.

Ainda na lista das atividades para estimular a “massa cinzenta”, os autores defendem que crianças façam deveres de casa acompanhadas de colegas ou dos pais e que desde cedo sigam uma dieta baixa em gordura, rica em brócolis, peixes com ômega 3, pães e massas integrais.

Nota do blog

Então meninada vocês viram que os autores liberaram geral, estão esperando o que?

Nós aconselhamos a ingestão de chocolate com moderação, enquanto ao sexo, bom você precisa fazer exercícios diários, né?

BBC Brasil

Quer me conhecer um pouco mais e saber porque eu criei este blog? CLIQUE AQUI

Se gostou deste post, assine o nosso RSS Feed