Tag Archive for ‘comidas’

Dicas dos visitantes

dicas2

Através do blog eu acabo recebendo muitas dicas, porém elas ficam um pouco escondidas nos comentários.  Hoje eu resolvi compartilhar algumas delas com todos os leitores, ai vai:

Dica do WDF

Caro Blogueiro. Você parece estar no caminho certo. Foi assim que eu também comecei a fazer em fevereiro de 2008, quando estava com 119 kg.

Hoje, contabilizei nessa manhã de domingo, após uma caminhada no parque (40 minutos) e mais 20 minutos de esteira, 100 quilos. Ou seja, perdi 19 quilos em 1 ano. Mas os resultados foram difíceis nos primeiros 4 meses. A dieta era de restrição alimentar, com aproximadamente 1200 cal por dia e mais hidroginástica (3 x por semana) e caminhadas. Perdi rapidamente 5 quilos, mas depois houve um longo período de estabilização.

Somente comecei a perder peso (em torno de 90 gramas por dia) quando mudei radicalmente a dieta. Aboli as farinhas brancas, o açúcar branco, as carnes vermelhas, o leite de vaca, o café, os adoçantes e mais algumas coisas. Sofri horrores nas 3 primeiras semanas. Tive dores de cabeça durante quase duas semanas. Era a tal da síndrome da abstinência, que passou na terceira semana.

Hoje alimento-me com aproximadamente 1500 calorias por dia e continuo perdendo peso. às vezes abro algumas exceções, como por exemplo pizza, ou algum doce. Mas somente raramente. Não sinto mais nenhuma falta da carne e do açúcar. Como peixe quase todos os dias. Meus níveis de glicose, triglicéride e colesterol baixaram significativamente e tenho, hoje, uma disposição invejada. Sinto-me com 10 dez anos menos que há um ano.

Meu conselho para você é manter um diário com todas as suas atividades, alimentação e peso. Eu construi uma planilha que alimento todos os dias. Isso me deu um “apoio” tremendo, mantendo-me sempre em meu objetivo.

Um outro conselho, leia o livro Ultrametabolismo de Mark Hyman. Foi à partir dessa leitura e estudo que consegui atinguir meus objetivos.
Boa sorte.

Dica da Gabrielle

Alex,

Acho que vc está no caminho certo. Nada de exageros. O importante sim é ter os exercícios como rotina e melhor a alimentação.

Fiz muitas dietas para emagrecer (vivi na sanfona), mas nunca fui obesa. No entanto me irritva sempre esse emagrece-engorda de 2 em 2 meses… Até que um dia me convenci de que a tal reeducação alimentar, que todo nutricionista fala (e que me irritava), é o caminho correto.

Estou a quatro meses na reeducação alimentar e inseri os exercícios na minha vida. Nada poderia ser melhor para o meu animo, me sinto viva, me alimento pensando no beneficio daquilo para meu bem estar físico e mental. Escrevo tudo que como como maneira de me organizar e saber + ou – quantas calorias estou ingerindo para ficar um pouco abaixo da minha TBM (enquanto ainda quero emagrecer).

Quantos quilos perdi nesses quatro meses? Ah! Menos do que perdia num mês da “dieta da moda” (engordava tudo no mês seguinte). Mas minha saúde, essa agradece e em mais um mês atinjo minha meta, de maneira sustentável. :)

Ah! Minha necessidade por doces (como a sua) eu respeito, e TODOS os dias como uma barrinha de 25g de chocolate amargo. Cabe perfeitamente na minha reeducação alimentar.

Abs e boa sorte! Vou acompanhar de perto.

Dica do Dennis Menezes

Junte o Wii com a bike … apesar de fazer os movimentos do Jogo de Tênis, não passa nem perto das calorias de que se pode perder com um …

Wii é “um a mais” , não “o” exercício do dia …

Eu consegui perder peso por mim mesmo também, não fazendo cálculos de calorias e tal … mas trocando alimentos , dando horários as refeições e comendo sempre a mesma coisa , variando os bons alimentos …

Vitamina de banana com aveia e semente de linhaça pela manhã e uma fatia de pão com queijo ou/e suco de laranja com 2 fatias de pão , é uma ótima pra começar o dia !

boa sorte e se empenhe , porque com certeza terá resultados se você seguir a risca o que disse … isso que mais anima!!

Dica do Desi

Durante toda a minha vida tive problemas com sobrepeso. Fiz muitas dietas, sempre perdendo peso e…. sempre retornando acima do que havia perdido. Isso complicou muito com péssimos hábitos alimentares que eram carreados principalmente por causa de bebidas alcoólicas. Cheguei a 125 kg. Lembro-me do dia que vi esse número estampado na balança; entrei em depressão. Mesmo assim levou um tempo para parar de beber. Quando fiz isso imediatamente perdi aproximadamente 10 kg.

Mas o peso estacionou por aí e, mesmo sempre controlando a alimentação, eu não conseguia baixá-lo. No começo desse ano (2008), depois de um período muito difícil atingi 119 kg. Novamente comecei a entrar em pânico. Iniciei então um regime bastante restritivo, consumindo em média 1100 calorias por dia. Tudo contadinho. além disso hidroginástica 3 vezes por semana. Perdi 5 kg rapidamente. Só que depois o peso estabilizou e não mais conseguia diminuir, enfrentando ainda o problema de que, em qualquer viagem que fazia (de 3 a 5 dias), engordava 3 a 4 quilos.

Foi então que li um livro (Ultrametabolismo), que me acendeu a vontade de mudar de vida e de dieta. Troquei uma série de alimentos, cortei os açúcares brancos, a farinha branca, as carnes vermelhas, os adoçantes e todo tipo de salgadinhos. Passei a consumir alimentos funcionais integrais. Aumentei meu consumo calórico diário para aproximadamente 1500 calorias, às vezes 1800. De repente comecei a perder peso sem fome, principalmente porque como 6 vezes por dia.

Além disso, aumentei as atividades físicas incluindo, além da hidroginástica, caminhadas na esteira ou no parque, exercitando-me durante toda a semana. Minha vida começou a mudar. Nessa segunda fase já perdi mais de 8 kg (em 3 meses).

Segundo a minha estatística, na primeira fase restritiva eu consegui perder algo em torno de 38 gramas por dia; na segunda fase eu perco aproximadamente 100 gramas por dia. O começo é difícil, mas os resultados obtidos valem a pena. Todos os meus exames clínicos melhoraram consideravelmente. Sinto-me disposto e muito confiante.

Então, mãos à obra, nesse e em outros sites existem muitas dicas excelentes para ajudar a todos. A minha dica é: nunca perca o controle do seu peso. Pese todos os dias mantendo um diário do peso perdido, quantidade de quilos perdidos acumulado, IMC progressivo e quantidade de calorias ingeridas. Para quem tem um pouco de conhecimento sobre a planilha excel vai ser muito fácil. Bem, no total, até hoje (14/12/2008) perdi 15 kg.

Caso alguém tenho alguma outra dica você pode deixar nos comentários ou pode me enviar por email clicando aqui.

Gostou deste post? Leia também:

Homem perde 73 kg em 6 meses com dieta de cebola e alho!!!

Imagem croatiantimes

momir-zmiric

“Eu não queria seguir nenhuma dieta recomendada por médicos e também não queria tomar nenhum remédio porque eu sabia que a solução estava na minha cabeça. Por isso eu decidi de começar uma dieta e parar de fumar na mesma noite”, esta declaração é do croata Momir Zmiric de 42 anos, que é pintor de paredes e vive na cidade de Split (a segunda maior cidade da Croácia).

Segundo Momir: “Eu não podia correr 2 metros. Então eu decidi de parar de comer carne, batata, queijo, presunto e outras comidas gordurosas que eu gostava. Quando o peso começou a diminuir, eu comecei a caminhar bastante, nadar e pedalar”.

A sua dieta foi determinada pelos seus dois alimentos não calóricos favoritos: Cebola e alho em cima de uma bolacha com suco de cenoura. “Eu também comi outras coisas que não eram gordurosas”, admite Momir que algumas vezes comeu peixe mas ficou longe da carne vermelha.

“Para o almoço eu comia 2 kg de carne assada ou 1 frango inteiro. Então no casamento da minha irmã eu decidi de parar de comer do jeito que eu comia. Eu não conseguia me olhar no espelho. Eu fiquei um pouco bêbado naquela festa e quando eu voltei pra casa no meio da escuridão do meu quarto eu decidi que iria entrar em uma dieta. Em seis meses meu peso foi de 165 kg para 92 kg”, segundo Momir.

Mas nem tudo foram flores, ele enfrentou algumas crises.

“Eu fui insistindo na minha dieta. Teve momentos de crise mas eu queria perder peso e apesar de que os médicos dizem na mídia, eu me sinto bem. Você pode ver eu estou em forma”, disse o pintor.

“As pessoas me dizem que eu sou candidato para entrar no livro dos recordes. Eu não conheço ninguém que perdeu 73 kg em 6 meses. Mas eu quero mais, agora que eu não preciso de usar camisas 6 extra-grandes, eu uso somente extra-grande. Eu quero ficar igual ao Arnold Schwarzenegger nos seus melhores dias. Pode acreditar, em mais ou menos 1 ano, eu vou ficar igual ao Schwarzenegger”, disse Zmiric.

“Eu quero começar um website para ajudar outras pessoas e também pretendo escrever um livro para contar sobre as minhas experiências”, “O meu objetivo é ajudar a outras pessoas que estão acima do peso. Eu sei como muitas pessoas estão, a minha pressão era de 200, isso significa que você está a um passo da morte, hoje ela esta em 120. Corriqueiramente eu paro as pessoas que estão acima do peso na rua e pergunto quanto elas pesam e antes delas ficarem revoltadas eu mostro uma foto minha de 6 meses atrás que está no meu celular. Depois disso, elas começam a pensar sobre elas mesmas”.

E vocês o que acham da dieta do Momir Zmiric? Uma coisa eu posso dizer é que a sua força de vontade é de causar inveja. E você acha que ele vai ficar igual ao Schwarzenegger? Quando eu li, eu pensei que ele esta viajando na maionese mas se ele me dissesse 6 meses atrás que iria perder 70 kg em 6 meses eu ia ter o mesmo tipo de pensamento e ele conseguiu, por isso fico em dúvida.

Para concluir, eu penso que a força de vontade é a nossa principal arma, com ela podemos atingir qualquer meta, não importa o quanto seja difícil e o croata Momir é um exemplo disso.

Fonte: croatiantimes

Gostou deste post? Leia também:

Comer é prazeroso para você?

Imagem SXC

Pesquisas recentes demonstraram que muitas pessoas acima do peso ideal não tem prazer em comer doces e comidas gordurosas. Aliás, têm menos prazer do que pessoas magras. Como resultado, os obesos comem mais destes alimentos menos saudáveis justamente procurando satisfação. Em geral, mulheres com menos receptores de dopamina no cérebro tendem a comer mais justamente para provocar uma resposta de prazer, enquanto aquelas mulheres com mais receptores de dopamina no cérebro podem sentir prazer comendo menos.

O ato de comer deve ser agradável, mas não ao ponto de ir acima das necessidades diárias do seu corpo.

Uma recomendação boa para quem está tentando emagrecer é de levar mais tempo nas refeições – deitar seu garfo entre cada “bocada”, mastigar lentamente e realmente procurar sentir o gosto e o prazer em comer. Quando tomamos mais tempo para comer, o corpo sente o gosto dos alimentos, e você descobrirá que necessita menos quantidade.

Fonte: that’s fit

Blog Widget by LinkWithin

Gostou deste post? Leia também: